Archive of ‘Saúde’ category

“Cólicas” como aliviar

Chás para aliviar as dores das cólicas menstruais

Olá pessoal!!

A cólica menstrual também chamada de dismenorreia, é uma dor pélvica que ocorre devido à liberação de prostaglandina, substância responsável por fazer o útero contrair para então eliminar o endométrio. O endométrio por sua vez é a camada interna do útero que cresce para nutrir o embrião, e no caso da não fecundação do óvulo, o endométrio se descama e é eliminado em forma de sangramento. Cerca de 50% das mulheres sentem cólicas menstruais em alguma fase da vida, a dismenorreia pode ser de dois tipos: primária e secundária. Quando a causa é o aumento da produção de prostaglandina feita a partir do endométrio, ela é denominada primária; já quando é resultado de alterações patológicas, ela é do tipo secundária. O principal sintoma é a dor na região do baixo ventre, tendo sua intensidade variável, que pode também ser irradiada para as costas e para os membros inferiores, durante a menstruação. Outros sintomas também podem ser apresentados, tais como, dores de cabeça, nas mamas, inchaço…

Recomendações

  • Evitar ter uma vida sedentária;
  • Praticar exercícios aeróbicos moderados;
  • Beber bastante água;
  • Não ingerir alimentos que possam retardar o trânsito abdominal no período pré-menstrual;
  • Fazer uso de bolsas de água quente na região abdominal para aliviar a dor;
  • Não se automedicar, sempre consultar um médico antes de qualquer tratamento.

Chás para cólica menstrual

Chá de Calêndula

Ingredientes:

– 1 xícara de água

– 1 colher de sobremesa de flores de calêndula

Modo de fazer:

– Ferver a água;

– Adicionar as flores e deixar abafado por 10 minutos;

– Coar o chá e este estará pronto.

Chá de Orégano

Ingredientes:

– 1 xícara de água

– 2 colheres de chá de orégano

Modo de fazer:

– Ferver a água;

– Acrescentar o orégano;

– Tampar a xícara com a água e o orégano por 5 minutos.

– Após isso, não adoçar e ele já estará pronto para uso.

Gostaram?! Bjss

 

Conheça os benéficos da Gelatina

gelatina-sxc.hu_-708x404

Olá pessoal!!

A Gelatina é uma sobremesa de origem animal rica em colágeno, que é o elemento responsável pela manutenção dos ossos e pela reconstituição ou regeneração das articulações. O colágeno age de forma a travar o processo de flacidez natural própria do envelhecimento. Os benefícios da gelatina para a saúde envolvem o fortalecimento das unhas e cabelos, dando-lhes maior resistência, espessura, crescimento e brilho. A gelatina é também uma excelente fonte de hidratação para a pele e intestinos.

 Engorda? 

A gelatina não engorda, porque apesar de ter açúcar, tem também muita água, o que faz deste alimento um complemento muito bom para as dietas. Quem quiser pode optar pela gelatina diet ou ligth, e aí não tem açúcar nenhum. A gelatina não tem gorduras e é uma alternativa doce que pode ser consumida na versão diet, podendo fazer parte de uma dieta para emagrecimento ou apenas para o rejuvenescimento da pele, por causa do colágeno.

 #Dica Adicionar maçã, morango, pêssego ou abacaxi aos pedaços na água quente, antes de fazer a gelatina, é uma forma de tornar a gelatina ainda mais nutritiva.

Gostaram?! Bjss

Como queimar gordura corporal (e não músculo!)

Exercício 2 (Foto: Revista Glamour)

Olá pessoal!

A felicidade de subir na balança e descobrir que você perdeu peso não tem preço. Longe da gente querer tirar essa sua alegria, mas é preciso encarar a realidade: não adianta nada baixar o peso se você estiver queimando o que não deve. Perder massa magra – músculos, ossos e água –  e não gordura, além de não deixar você feliz em frente ao espelho, vai atrapalhar o seu emagrecimento lá na frente. Afinal, quanto mais músculo você tiver, mais sucesso na perda de peso você continuará tendo. Siga as top 5 dicas pra queimar o excesso!

1. Faça, no mínimo, cinco refeições por dia – por mais que na teoria a maioria das pessoas saiba dessa regra, o que mais se vê por aí é gente passando fome para emagrecer. Metabolismo manda beijo e diminui o ritmo pra estocar. “O corpo passa a armazenar energia em vez de gastá-la. Além disso, você sentirá mais fome na próxima refeição“. Planeje cinco ou seis refeições ao longo do seu dia, com intervalos regulares. Uma hora antes de se exercitar, faça uma refeição leve com carboidrato e uma hora depois reponha carboidrato e acrescente uma proteína.

2. Inclua carboidrato e gordura no prato – esqueça as dietas da moda que eliminam um grupo alimentar da sua vida. Seu organismo precisa de carboidratos, lipídeos (gordura) e proteínas para funcionar direito. O segredo é escolher direito quais alimentos com esses nutrientes você vai consumir. Prefira as farinhas integrais, os lipídeos ricos em ômegas, como castanhas e abacate, e proteínas magras. “Quando fazemos dietas hiperprotéicas e sem carboidratos, utilizamos o músculo como fonte de energia”.

3. Faça um exercício que lhe dê prazer – você vai lá, faz sua parte, sua na academia, mas odeia cada minuto que passou. Primeiro que não tem como essa tortura virar rotina na sua vida por muito tempo. Segundo que a atividade física nessa má vontade traz tanto estresse, que solta cortisol no seu organismo. E cortisol é inimigo número um da queima de gordura localizada. “Escolha uma atividade física que proporcione prazer além do simples fato de se movimentar. Cuidar dos aspectos emocional e espiritual é tão importante quanto cuidar da alimentação”. Você já tentou de tudo e acha que realmente nasceu para o sofá? Continue buscando algo que traga satisfação. Nem que ela chegue só na hora que acabar o treino na forma de endorfina. Já tentou aulas na piscina?

4. Coma à noite, sim! – outro mito que precisa ser derrubado agora – e já vai tarde. Ficar sem comer à noite ou não comer carboidrato no jantar não vão trazer bem algum para sua perda de gordura, especialmente se você se exercita pela manhã. Só o café não vai dar conta de te alimentar o suficiente e, de novo, o organismo vai lá na massa magra pra procurar energia. “Não há diferença se você consumir carboidrato de dia ou à noite, desde que esteja em quantidade adequada. À noite, prefira alimentos menos calóricos, com baixo teor de gorduras e de fácil digestão.

5. Beba bastante água – a hidratação é essencial para quase todas as funções do corpo humano e ajuda a manter a temperatura corporal estável. É muito comum em dietas restritivas a perda de peso ser pura desidratação. Não existe uma quantidade certa de líquido ideal para todos. Ela depende das atividades físicas, clima, peso, metabolismo, dieta, etc. O único jeito de saber se você está ingerindo uma boa quantidade de água é olhando para o seu xixi. Se ele estiver amarelo-claro, está tudo certo. Se estiver escuro ou com odor forte, aumente já a quantidade diária.

Gostaram?!! com essas dicas vamos chega no nosso objetivo!

Bjss

Resenha: Colágeno Hidrolisado “Sidney Oliveira”

20151028_105328

Olá pessoal!

Hoje vir compartilhar com vocês o Colágeno Hidrolisado “sidney Oliveira” um produto para quem já ou não chegou aos 30 anos (como eu), o Colágeno Hidrolisado é uma proteína de extrema importância para nosso corpo, mas é difícil obtê-la com a nossa alimentação e, depois dos 30 anos, as perdas de proteína aumentam e é preciso que haja uma reposição para manter a beleza e a saúde. Mas felizmente é possível repor o colágeno com esse suplemento;20151028_105432IMG_20151027_105130COMO INGERIR O COLÁGENO: o recomendado é tomar o colágeno de 30 á 60 minutos antes das refeições, porque ele proporciona a sensação de saciedade, consequentemente, se come menos e engorda menos sendo o colágeno hidrolisado um grande aliado da dieta de emagrecimento; (2 cápsulas ao dia).

BENEFÍCIOS DO COLÁGENO PARA A BELEZA: os cabelos e a pele são diretamente beneficiados com nutrição e jovialidade, com o uso dessa proteína é possível evitar e combater problemas estéticos comuns, como a celulite e as estrias já que os dois problemas causam a deformação da pele que perde sua firmeza e elasticidade. O colágeno hidrolisado vai agir de duas formas sobre eles ajudando a eliminar a gordura do corpo e deixando a pele saudável.

O Colágeno Hidrolizado “Sidney Oliveira” vem 50 cápsulas de 500mg, não contém glúten. Comprei no site da Ultrafarma com o custo de R$ 10,99.

Gostaram?! Já utilizam?!

Bjss

 

Os 7 melhores carboidratos para quem quer emagrecer

Os 10 melhores carboidratos para quem quer emagrecer (Foto: Thinkstock)

Olá pessoal!

Os carboidratos muitas vezes são considerados os vilões das dietas de emagrecimento – mas a verdade é que, quando consumidos na medida certa, eles são ótimos aliados na perda de peso. Quer saber quais são os alimentos ricos em carboidrato que darão um boost na sua dieta? Confira:

1. CEVADA
A cevada pode ter a capacidade de aumentar os níveis de um hormônio ligado à saciedade, além de, segundo estudo, descobriu-se que grãos de cevada, quando cozidos (e não na cerveja, ok?), podem mudar bactérias no seu intestino, que por sua vez podem acelerar o metabolismo. Os pesquisadores também descobriram que este amido rico em fibra “diminui as sensações de fome.” Inclua a cevada em itens como panquecas, waffles, sopas e saladas.

2. AVEIA EM FLOCOS
Quando consumida em forma de mingau, a aveia tem uma reputação de comidinha aconchegante, o que significa que, na hora de excluir carboidratos da dieta, é o primeiro prato a ser eliminado. Diz que seus carboidratos complexos não somente te deixarão mais satisfeita, mas também irão manter a saciedade por mais tempo. Combine o mingau com canela para um efeito ainda mais gostoso e saudável!

3. PIPOCA
Quem precisa de batatas fritas?  Substitua o viciante petisco por uma bela dose de pipoca. Um estudo revelou que, comparando os dois pratos, a pipoca mantém as pessoas saciadas por muito mais tempo, além de fornecer muito mais nutrientes e muito menos calorias. Além disso, o milho carrega quase o dobro de fibra que outros grãos, além de manter os níveis de açúcar no sangue em equilíbrio e dar um up no metabolismo.

4. QUINOA
Um dos grãos com maior quantidade de fibra, a quinoa demora para ser digerida, mantendo os níveis de açúcar no sangue em equilíbrio (e aumentando seu metabolismo). Além disso, em comparação a outros alimentos sem glúten, é cientificamente comprovado que a quinoa ajuda na perda de peso.

5. GRÃO DE BICO
Repletas de fibra e proteína, o grão de bico é ótimo acompanhamento para saladas.  Um estudo publicado em 2014 revela que a família de legumes que inclui grão de bico, ervilha, feijão e lentilha ajuda na manutenção do peso e previne a alimentação por impulso.

6. BATATA DOCE
Além de saciar a vontade de comer carboidrato, a batata doce também sacia a vontade de comer alimentos açucarados. Uma batata de tamanho médio contém cerca de 27 gramas de carboidrato, mas também aumenta os hormônio que controla os níveis de açúcar no sangue e acelera o metabolismo. Para completar, a batata doce contém menos calorias e menos sódio que as batatas inglesas.

7. CEREAL MATINAL INTEGRAL
Cereais integrais são naturalmente pobres em gorduras e ricos em fibras, além de naturalmente reduzir a gordura abdominal (se consumidos em quantidades equilibradas). Um estudo revelou que homens e mulheres que consomem mais alimentos integrais têm IMC menor que os demais, além de menor gordura abdominal.

Com alimentação equilibrada sem exagero você chegará na sua meta. Gostaram?!

Bjss

 

1 2 3